Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Sex | 13.11.15

5 dicas para treinar sem stressar

José Guimarães
Os treinos de corrida são difíceis. E quanto maiores as corridas que queremos fazer, mais difíceis serão os treinos. Mas isto não quer dizer que tenham que ser uma tortura. Qualquer um de nós pode dar-se muito bem com qualquer tipo de treino, desde que tenha estas regras simples em mente:

Não tentem acumular quilómetros a todo o custo

Se faltarem a um treino planeado, ou se tiverem que reduzir a distância porque não tinham tempo para mais, não tentem compensar a distância perdida na próxima sessão. Não vão ser alguns quilómetros a menos que vão fazer a diferença e, tentar acumular quilómetros pode levar a lesões por stress. É bem melhor alinhar na linha de partida de uma corrida com alguns quilómetros de treino a menos, mas com o corpo fresco e capaz, do que a sentir-se gasto e à beira da rotura.  

Recuperem, recuperem, recuperem

Não têm que dar tudo por tudo 7 dias por semana. Têm sim que treinar de forma inteligente 3 a 4 dias por semana. Podem até sentir-se fortes e capazes de correr nos dias de descanso, ou adicionar quilómetros ao plano nos dias mais fáceis, mas será melhor manterem-se fiéis ao que tinham planeado. O vosso corpo precisa de recuperação, por forma a ser capaz de reconstruir os tecidos e de se tornar mais forte.

Os treinos longos são para cumprir

Os treinos longos num plano de treinos são as bases da preparação para as corridas mais longas, como maratonas e ultramaratonas. Esses treinos longos vão fazer com se habituem a correr durante 4, 5 ou mais horas de seguida, evitando stresses no dia da prova. Correr com um parceiro de treinos pelo menos uma vez por semana também vai facilitar essas sessões, tornando-as mais divertidas e relaxadas. Mas mesmo com essa ajuda adicional, é preciso que cada um saiba de si. E isto significa levar a cabo os treinos planeados e geri-los com eficácia.

RICE

Não, não é "arroz" em inglês. RICE significa Rest (descanso), Ice (gelo), Compression (compressão), Elevation (elevação). E não há nada que resulte melhor para aliviar músculos doridos ou dores articulares. Estas medidas podem aliviar a dor, reduzir inchaços e proteger os tecidos danificados. O único problema com isto é que a maior parte dos corredores focam-se muito no Ice (gelo) e ignoram o resto. O gelo reduz a inflamação, mas fazer gelo e correr, sem dar tempo aos músculos para sarar convenientemente é mais ou menos como fazer dieta até às 18:00 horas e depois jantar porcarias.

Sejam flexíveis

Vão acontecer alguns dias em que vão ficar a dormir, em vez de ir correr de manhã, ou vai estar tanto calor que o treino longo vai ser encurtado. Não hesitem em trocar a ordem das sessões de treino. Só evitem fazer os treinos mais difíceis (como os treinos longos) em dias seguidos.  

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.